Viagem de Treinamento

Angelo & Christian

Dia 14 de novembro viajei a Buenos Aires para treinar com meu instrutor, Shihan Christian
Petroccello. Tive um vôo tranqüilo e tudo correu bem. Antes do desembarque telefonei
para dizer que cheguei, pois ele disse que alguém viria me buscar no aeroporto, disse que
inclusive umas chicas estariam à minha espera. Maravilha! Depois do desembarque não via
ninguém, nem placas com meu nome. Eis que, o próprio Christian me surpreendeu pelas
costas, acompanhado de sua namorada Julieta. É meus amigos! Kyojutsu, a primeira lição
que aprendi aquele dia. Não ter expectativas e trabalhar internamente a aceitação, é uma
excelente forma de não ser surpreendido. A segunda lição foi a atenção e gentileza de me
buscar no aeroporto. Christian sempre recorda-nos que Soke recebe a todos de forma muito hospitaleira, humana e cordial, e creio ser muito importante que esses hábitos ecoem para servir de exemplo a inúmeras pessoas. Depois fomos ao centro, tomamos cerveja e depois jantamos num restaurante Hari Krishna muito bom.

Nas aulas e nos treinamentos foram inúmeras lições, sentimentos, técnicas que fica difícil
contar. Mas reforçou o contato que devemos ter cada um com seu respectivo mestre. Ishi
soden, que significa o treinamento mestre-aluno presencial (muitos acham ainda que podem aprender só livros, DVDs, etc. ESQUEÇAM, no Budo, na Bujinkan a transmissão pessoal é insubstituível). Ressaltou constância que devemos ter no treinamento, pois citou que muitas vezes quando paramos fica difícil recuperar o ritmo e alguns nunca conseguem. São lições que devemos trabalhar internamente em nossos corações e mentes, no dia a dia para que no dojo esses hábitos se reflitam com uma prática constante e equilibrada.

Lembro que na segunda feira, no dia seguinte a minha chegada, quando treinava espada com Christian, eu estava errando muito uma técnica que me mostrava e eu ficava me culpando e sendo auto-indulgente. Ele me advertiu que encarasse com naturalidade, errar sem se culpar ou desmerecer, nem baixar a cabeça, o que para mim foi uma grande mudança pois sempre cobro isso dos meus alunos mas da minha parte ainda tenho que trabalhar muito… é típico do homem não aceitar suas falhas. Teve um momento que me emocionou, e confesso chorei ao lembrar que só uma criança erra sem se culpar, preocupar ou baixar a cabeça e por isso aprende tanto, seu coração puro não bloqueia o incansável espírito humano de sempre aprender. Christian me disse que as lagrimas do guerreiro são pérolas para os deuses, espero que seja verdade! O homem quando cresce alimentado por seu ego, quando se depara com sua insignificância, pode se desesperar diante de seus erros, quando deve esperar para que o Bufu traga as chaves das portas do Budo (Bumon). Deixem o tempo trabalhar sem esperar nada e como o vento que traz toda a areia do deserto para aqueles que mantêm as mãos abertas também possa trazer felicidade e alegria a suas mentes e corações.

Prêmio Artist a Marcial


Quarta feira dia 17/11 fui com Christian a Palermo onde haveria a entrega dos prêmios
da revista Artista Marcial. Uma interessante iniciativa de um mestre de Tae Kwon Do,
chamado Mario Troiano. Após praticar distintas artes e fazer intercâmbio com vários mestres observou que poderia ajudar a conectar e não confrontar as várias artes marciais existentes.
Homenageando aqueles que por seu amor e dedicação por sua própria arte contribuem para seu desenvolvimento e crescimento.


Christian foi o primeiro a ser anunciado, sendo homenageado como Artista Marcial do ano
2009 e 2010 na disciplina Ninjutsu. Foi mostrado um vídeo com um pequeno resumo das
atividades, prêmios, obras, seminários, etc. de cada praticante homenageado. Pude ver na
vez do Shihan Christian o que pareceu para mim o resultado de anos de trabalho silencioso,
constante e dedicado que no final resulta em uma grande obra de vida. Pude por um novo
ponto de vista ver e recordar o trabalho das raízes que crescem silenciosas por baixo da terra para sustentar uma grande árvore.

Me pareceu admirável a humildade dos praticantes que subiam para receber a homenagem, pois em seus discursos ressaltavam que era estranho estar ali, pois apenas buscavam o melhor
se si mesmo fosse nos treinos ou em suas lutas, nunca pensando em ser lembrado daquela
forma. Alguns diziam que queriam logo estar de volta ao dia a dia nos treinos. No cocktail
oferecido houve um clima amistoso e fraterno, realmente um sentimento que recorda o
espírito do Budo.

Analisando depois, vi como é importante um prêmio dessa envergadura para a Bujinkan pois leva seu nome a um grande público, e recorda a responsabilidade que temos como alunos e instrutores de trabalhar dentro e fora do tatami fazendo jus à herança de Sensei Hatsumi.

Domo arigato Shihan Christian, pelos ensinamentos nessa semana. Espero o universo retorne todo conhecimento e sabedoria emanado.

Shidoshi Angelo Arantes

Anúncios
| 1 Comentário

Atualização Haramitsu

Disponibilizei mais 3 números da Haramitsu:

03, 20 e 21

Desfrutem

Bufu san kai

| Deixe um comentário

A poesia do Tenchijin

Para escrever se expressando bem acredito que se deve redigir algo quando se sente, quando o coração pede. Escrever pouco, mas com inspiração. Evitando que as palavras pensadas não façam sentido, e num texto vazio, não expressem sentimentos verdadeiros. Escrevendo sobre Budo com simplicidade e sinceridade, praticar para que a repetição faça a união entre pensamento, emoção e ação. Assim como em nossa prática no dojo procurar trabalhar a consciência, equilibrar o movimento transformando a forma de mecânica para a natural. Meditar sobre os sentimentos que nossos instrutores nos mostram sobre as técnicas. E às vezes como o poeta que usa papel e caneta… tomar a espada quando tiver uma inspiração sobre algum movimento que venha de repente… mas isso só acontece quando o treinamento é constante, quando se dá aula com empenho e devoção; é preciso treinar. Então como a poesia que surge do coração, o poeta escreve sem pensar fluindo com sua caneta, em poemas onde as idéias e emoções se conectam, nosso Taijutsu também pela prática, com sentimento, conectará mente, coração e o corpo, chegando próximo ao que Sôke mostra sobre Ten, Chi e Jin.

Publicado em Home | 1 Comentário

Saudações

É com grande alegria que inauguramos nosso blog do Shinjin Dojo. Esperamos levar um pouco das idéias e pensamentos de Sôke para praticantes e entusiastas da Bujinkan Budo Taijutsu. Respeitando sempre outros pontos de vista, as idéias postadas representarão a humilde visão particular de instrutores e alunos, não desejando impor idéias e sim compartilhar pensamentos e experiência que possam balizar idéias que nos ajudem na busca da verdade dentro do caminho marcial – BUDO.

Saudações

Shidoshi Angelo Arantes
Bufu ikkan!

Publicado em Home | Deixe um comentário

Shinjin Dojo Blog

Shinjin

Publicado em Home | 1 Comentário